2 de janeiro de 2010

Porque tudo que vai, precisa voltar

Dizem por ai que não devemos esperar nada das pessoas, que devemos fazer o bem e não aguardar o mesmo em troca. Pois eu discordo! Admiro aqueles que são bons sem que importe a reação dos outros, mas eu não consigo ser assim... Não consigo por acreditar que o dia que deixarmos de esperar o melhor dos outros, nós certamente teremos perdido completamente a fé no mundo.

Quero e espero o melhor das pessoas, sempre. E vou me decepcionar todas as vezes que não o tiver.

4 comentários:

Juliana. disse...

A força que precisa para lutar está (dentro de vc)..faça a sua parte, acredite no que faz, vença as barreiras possíveis suas e tenho a certeza que a vitória chegará..e dentro das pessoas sempre há um lado bom..que as vezes se escondem, mais há!!

Bjos..

Jacque disse...

Você tem razão Angel. Tenho percebido que lutar pelas pessoas, dar força e acreditar nelas é algo que merece recompensa. Tá tudo bem, ajude sem esperar nada em troca, mas e quando esperamos e não recebemos? De alguma maneira esperamos não tem jeito de ser mesmo diferente! É como uma flor, dê à ela água, sol, carinho... o que ela dará em troca? Nada mais que o esplendpor da sua beleza! Pois é, uma simples flor sabe disso. A natureza é mesmo sábia, não é à toa que a natureza é Deus. Agora, com relação as pessoas, só posso dizer uma coisa, somos imperfeitos demais e todos nós sabemos disso, mas somos bons! Só que chega uma hora em que precisamos da troca, infelizmente, é assim! Quem ama, quer ser amado. Quem pede confiança deve se dar também. Quem quem enfrentar, muitas vezes não quer enfrentar sozinho, precisa de um apoio. Ninguém realmente faz tudo sem esperar pelo menos um reconhecimento. Aprendi que se alguém não valoriza o que faço, deixo de fazer... é tão simples e as vezes, tão complicado, mas, infelizmente desistimos, mesmo sabendo o quanto é difícil desistir. O quê fazer, então? Bem, eu não tenho muitas certezas nessa vida, mas de uma não abro mão : Eu sou eu e ninguém jamais irá fazer com que eu seja diferente, eu não mudo e as pessoas também não, então, devo aceitá-las como elas são, simples assim".

Ah, deixa a vida acontecer e dê cá um abraço!

Angel disse...

Juliana, é isso mesmo, lutar, dar o nosso máximo, porque se não conseguirmos o que pretendíamos, ao menos restará a certeza de que tudo o que podia ser feito nós fizemos.

Obrigada! Abraços.

Angel disse...

Jacque, sábias palavras! "É como uma flor, dê à ela água, sol, carinho... o que ela dará em troca? Nada mais que o esplendor da sua beleza! Pois é, uma simples flor sabe disso.". Acredito no que a Juliana disse, "dentro das pessoas sempre há um lado bom..que as vezes se escondem, mais há!!", sigo esperando o lado bom, sempre.

E quanto ao abraço, não vou recusá-lo, estou mesmo precisando...

Abraços, minha cara!

Postar um comentário