24 de fevereiro de 2010

Peço emprestado a...

William Shakespeare:

"Há certas horas, em que não precisamos de um Amor...
Não precisamos da paixão desmedida...
Não queremos beijo na boca...
E nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama...

Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado...
Sem nada dizer...

Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir...

Alguém que ria de nossas piadas sem graça...
Que ache nossas tristezas as maiores do mundo...
Que nos teça elogios sem fim...
E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade
inquestionável...

Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado...
Alguém que nos possa dizer:

Acho que você está errado, mas estou do seu lado...

Ou alguém que apenas diga:

Sou seu amor! E estou Aqui!"

8 comentários:

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Ah, Shakespeare. É mestre a falar de amor e saudade e das sensações que tudo provoca. Nomeadamente o desequilibro que o amor nos provoca. Um excelente texto!

Beijo Beijo

Juliana. disse...

Sim Angel, as vezes somente a presença, sentir o coração pulsar nos faz bem, ou apenas uma palavra, faz com que sentimos seguros e fortes para enfrentar as barreiras da vida!
Um abraço Angel!
;)

Angel disse...

Belíssimo e muito sincero, não é Luis? Gosto bastante deste texto.

Abraços.

Angel disse...

Juliana, é exatamente isso. Cada vez mais me convenço de que o amor não é o sentimento que se fala, mas o que se vive.

Abraços!

Leonardo B. disse...

[esse rapaz ainda vai ter uma carreira brilhante... nobel, quem sabe? sabe do que fala, enquanto esse pseudo-literato andam por ai a falar do que não sabem, as usual]

um imenso abraço,Angel

Leonardo B.

|quem dera um dia eu "saber" ler Shakespeare...|

Angel disse...

Se despetam em você algum sentimento, meu caro Leonardo, é bem provável que já tenha aprendido a "ler".

:)

Abraços!

Bia Monteiro disse...

Como eu gostaria de escutar isso hj amigaa...
Hj meu dia tá tão nostalgico...
só precisva de um abraço bem apertada nada +...
Bjuu amigaaa
Belas palavras!
=D

Angel disse...

Esses dias acabam com a gente... Mas desejo que o seu acabe bem, e com um mega abraço apertado!

:)

Abraços, Bia!

Postar um comentário