22 de maio de 2010

Nada mais...

Não me entenda mal, não traduza palavras que são literais. Quando eu disse que te adoro eu quis dizer exatamente isso, nada mais. Não pense você que eu te amo, que você é especial e que sua ausência me faz infeliz. Porque não faz. Somos apenas parte de um lindo jogo no qual faço questão de apostar, não me agarro à esperanças e com a sorte eu já não conto mais. Te desafiei com minha melhor jogada, saiba você, eram eu e meus encantos, ou a falta deles, e a intenção era clara, honey, eu queria te ganhar. Não fale mais de amor, nem me pergunte se está tudo bem, porque exatamente agora há outro fazendo isso, enquanto me oferece mais uma taça de vinho e me olha nos olhos como quem deseja mais.

30 comentários:

cantinho she disse...

Meninaaaaaaaaa que sensacional! Amei! Que coragem instigante, show! Bjo, bjo!

Angel disse...

She, que bom que gostou, minha amiga! Pois é, há momentos em que tudo deve ser deixando as claras, sem receios. Melhor assim.

Abraço, flor!

Gilson disse...

Angel

É verdade, todos nós temos sempre um plano B, não tem como ser diferente...rs.rs....

Obrigado pela visita, estou te seguindo também, vamos manter contatos.

Abs

Angel disse...

Gilson, que ótimo ter você por aqui! Vamos nos falar mais vezes, pode ter certeza!

Abraço!

ErikaH Azzevedo disse...

Aiiiiiiiiinnn..e eu vi a cena...desejo e sedução nesse post...um pensarno além mais...viajei aqui nesse teu sentir flor.

Um fora desses feitos com elegancia e bom gosto

Que bom te ver assim, cheia de si mesmo, de si mesma se sentindo bastar.

Bjos

Erikah

Angel disse...

ErikaH, há quem confunda um "eu te adoro" com um "eu te amo", e à partir dai passa a se sentir o centro do mundo, cheio de arrogância. Este texto foi pra esses, flor.

E... realmente estou em uma fase um tanto diferente, os textos não me deixam mentir... Fico tão feliz que você tenha gostado, querida amiga! Obrigada!

Abraço, flor (de quebrar os ossinhos)!

leonel disse...

As pessoas interpretam as coisas segundo os seus quereres. Nem sempre o que nos é claro, o é para outro par de olhos. Por isso, às vezes, precisamos estender as lentes, abrir o campo visual. Ainda que isso provoque alguma espécie de fotofobia.

Beijo de um mortal.

! Marcelo Cândido ! disse...

Honey, sensacional...

Meri Pellens disse...

Ahhh....
Mas quando eu digo "Eu te adoro" equivale à um "eu te amo" também. Contudo é o que eu sinto ser, e isso não é regra.

Beijos na alma!

Priscila Rôde disse...

Depois de tudo isso, nada mais precisa ser dito. rs

Fabio Rocha disse...

Isso da gente ser / exatamente o que se é / ainda vai nos levar além - Leminski

bj

Vanessa Souza Moraes disse...

Há que haver uma distinção clara das palavras.

Angel disse...

Leo, concordo com sua colocação, e acrescento uma segunda hipótese: penso que quando não somos claros o suficiente, damos margem à interpretações. Sendo claros, ai sim, uma visão ofuscada fica por conta de quem a tem.

Beijo, mortal preferido.

Angel disse...

Obrigada, Marcelo!

Abraço.

Angel disse...

Concordo, Meri! As definições do gostar por vezes se confundem. Só é ruim quando um "eu te adoro" é usado para se vangloriar, acreditando-se ser um "eu te amo"... Enfim...

Abraço, amiga!

Angel disse...

Verdade, Priscila. Tão claro quanto água... rs.

Abraço, flor!

Angel disse...

Concordo, poeta! Pena que a gente sinta medo ou vergonha de expor, as vezes.

Abraço, poeta-amigo-apaixonado!

Angel disse...

Com certeza, Vanessa. Por isso, as vezes, precisamos deixar tudo as claras, sem esperar que o outro entenda as entrelinhas.

Abraço!

Desabafando disse...

Gostei do recado, espero que tenha enviado pro destinatário.

Leo disse...

Lindo! Disse tudo.

beijinho!

Angel disse...

Flor, te confesso não haver um destinatário certo, ao menos, não de minha parte. Houve o sentimento, houve inspiração para ele, mas, felizmente, não é de todo real... Mas há, mundo afora, destinatários merecedores deste texto... rs.

Abraço, amiga flor!

Angel disse...

Obrigada, Leo!

Abraço.

Metamorfoses disse...

Q reviravolta Angel. Belo como e didático...rsrs

Viviane Zion disse...

...e finito!

bem desse jeitinho mesmo.

abs.

Angel disse...

rs... Obrigada, Fabrizia! Desta vez se não aprender, não aprende mais, não é?!

Abraço!

Angel disse...

Pois é, amiga Zion, simples e claro, exatamente como a vida deve ser.

Abraço, minha amiga!

Cria disse...

Vim aqui ler de novo ... Sensacional ! Beijos, linda semana.

Angel disse...

Que bom, Cria, obrigada! Fico feliz que tenha gostado, minha amiga.

Abraço! E boa semana.

Rogério disse...

Assim como foi escrito no texto, se sua intenção era me enganar, já me ganhou... direitinho

Angel disse...

Obrigada, Rogério! Estou sempre querendo ganhar os amigos que por aqui caminham!

Abraço!

Postar um comentário