9 de maio de 2010

E eu protegerei teu mundo por amor... *

Homenageá-la sempre vale a pena, não importa o dia... Minha mãe é a mulher mais incrível desse mundo todo, e quando eu "crescer" quero ser igualzinha... Abaixo, o único texto que escrevi para ela, até hoje (já postado aqui, no dia 08/02/2010). Com todo o meu amor, admiração e respeito, porque ela é assim, como conta o texto, e ela merece tudo de melhor que houver por ai...

*

Venha cá, chegue mais perto. Mais, um pouco mais, quero te dar um abraço. Posso? E essas lágrimas? Elas não combinam com o seu rosto. Gosto mais dos teus olhos solteiros, sem as lágrimas namorando você. Deixe, eu as seco. Minhas mãos, que sempre foram o seu acalento, mais uma vez se encarregarão do seu rosto. Sem lágrimas, um afago, dá-me um sorriso? Estes lindos lábios foram feitos para sorrir, e para contar ao mundo sobre a alma boa que mora neste corpo. Isso... Bem melhor assim.

Sei que não posso impedir que você sofra. Deus te deu asas e eu sabia que, cedo ou tarde, você iria voar. Você enfrentará decepções, sentirá raiva e as mais variadas dores físicas e emocionais. Se eu pudesse, sofreria cada uma delas por você, e depois te contaria em versos para que aprendesse sem precisar senti-las. Mas eu não posso, sei disso e você também sabe. Então, o mundo é seu, e tudo o que há de bom e de ruim que existe nele, também. Se não posso te cuidar como quero, se não posso esconder suas asas e te impedir de voar, quero que saiba que estarei eternamente a sua espera, neste lugar aqui, onde você irá me deixar. Quando o mundo te machucar corra até mim, secarei, quantas vezes for preciso, essas lágrimas teimosas, te abraçarei apertado e te darei meu peito onde você poderá repousar. E se nas alegrias você também quiser a minha presença, saiba que nada me fará mais feliz que, ao seu lado, celebrar.

Te dou meu coração, minha filha, e tesouro mais precioso não há.


Dedico este a minha mãe, a pessoa mais incrível que já conheci. Obrigada por tudo, e principalmente, por ser meu porto seguro, minha morada certa quando a vida teima em me desalojar...

*O título veio desta música que gosto muito, chama-se Codinome Beija-flor, na voz de Cazuza.

18 comentários:

Fabio Rocha disse...

Boniiiito...

Erica Vittorazzi disse...

Que texto mais lindo!!!! Perfeito para a ocasião e sempre.


beijos

Angel disse...

Obrigada, poeta... :)

Abraço!

Angel disse...

Ahh, Erica... Obrigada, minha amiga. É um texto muito especial para mim, e fico feliz que tenha gostado.

Abraço!

Desabafando disse...

Que linda sua homenagem!

Angel disse...

Que bom, flor! Obrigada... ela merece muito mais, muito mais...

Abraço!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Achei linda essa homenagem. o final é pra arrancar umas lágrimas mesmo... Que vcs tenham um feliz Dia das Mães!

Angel disse...

Alexandre... Obrigada, viu? Fico feliz que você tenha sentido o mesmo que senti ao escrevê-lo. Minha mãe está com minha avó hoje, e meus outros irmãos... Eu aqui, por estas razões que a gente simplesmente aceita. Mas em coração estamos juntas.

Abraço!

Júlio Castellain disse...

...
Muito bem.
Abraço.
...

Franzé Oliveira disse...

"O encontro do conforto num riacho infinito de momentos".

Beijos.

Viviane Zion disse...

Mãe é mãe!

Abs...

Zion

[ rod ] ® disse...

Feliz dia das mães moça! um bj.

Angel disse...

Obrigada, Júlio!

Abraço.

Angel disse...

Uma bela definição, Franzé!

Abraço, meu caro!

Angel disse...

Com certeza, Viviane... Um ser único, talvez, a melhor criação de Deus.

Abraço!

Angel disse...

Feliz dia das mães à todas as mamães, certo rod?!

Abraços, meu caro.

! Marcelo Cândido ! disse...

Dia das mães não é só hoje

É sempre
!!!

Elas são a luz
...

Angel disse...

Concordo plenamente, Marcelo.

Abraço!

Postar um comentário