11 de maio de 2010

Do que eu não posso mais...

Houve alguém em minha vida que foi, de todos, o mais importante. Foram grandes momentos, intensos, bonitos, mas não foram nem metade de tudo o que poderia ser. Culpa minha? Não. Culpa dele. Se é que pode-se atribuir a palavra culpa, talvez, como muitos já me disseram, ele simplesmente não quis. Mas o que me magoa é ver esta pessoa dizendo aos quatro ventos que me ama, que fui e ainda sou a mulher da sua vida. Mas o que ele não diz é que, mesmo eu sendo tudo isso, ele não está comigo porque não quer. Simples assim. E quem o ouve me toma como uma ingrata, uma mulher que desconhece o amor que tem, que ignora, que não deseja. Ele, por sua vez, alimenta este pensamento, e quem o ouve tem a mais real certeza de que não estamos juntos porque eu não quis assim. Isso me magoa, me chateia, me decepciona. Eu jamais esperei que ele tomaria essas atitudes, jamais imaginei que ele fosse assim, tão pequeno, e que deixaria uma mentira se fazer a esse ponto. Pois a minha vontade é deixar escrito, aqui, o seu nome, e fazer com que todos saibam que este amor imenso que ele tanto fala só existe no mundo dele, porque ao meu mundo, ao nosso mundo, chega apenas as suas mentiras, o abandono, sua rispidez, sua indiferença. Sim, porque, hoje, se estamos apenas eu e ele sou indiferente, mas se há uma platéia, sou o grande amor de sua vida inteira.

E sei o peso que essas palavras teriam se chegassem aos olhos dele, o conheço como poucos. Mas sei também que, com palavras ou sem palavras, o resultado é sempre o mesmo.

(Texto na primeira pessoa, texto meu, desabafo sincero, doído, que me expõe, mas que ao mesmo tempo alivia meu coração ao menos um pouquinho. Primeiro e único, asseguro.)

23 comentários:

carol sakurá disse...

Oi!
Obrigada pela força nestes momentos difíceis que vivi!
Há um bálsamo em gileade!
Beijos!

Angel disse...

Nem precisa agradecer, Carol! Que bom que você está bem.

Abraço, flor.

Erica Vittorazzi disse...

Tem gente que precisa de platéia para sofrer, para falar de amor. Conheço tantas pessoas assim. Deixa para lá.

beijos

Angel disse...

Tem gente de todo jeito neste mundo, minha amiga... Isso é fato.

Abraço, flor!

Desabafando disse...

Há pessoas que tem dificuldade pra encarar e admitir a realidade daí distorcem um pouco as coisas mas pelo jeito acho que talvez seja até bom que vcs não estejam juntos.

Angel disse...

É, flor, acho que para algumas pessoas precisa um pouco mais de realidade, e um pouco menos de imaginação.

Abraço.

Jacque disse...

Pior que viver de imaginação é querer que você faça parte disso. Eu não iria comentar esse texto, porque achei algo tão seu, mas, eu não posso ficar calada diante do que li, principalmente quando você citou a palavra "mentira".

Eu sempre acreditei na intensidade do amor e de que ele suportaria qualquer coisa, mas, mentiras, jamais. Tem uma amiga que me disse uma frase que jamais vou esquecer: Jacque, sempre que estiver diante de uma dúvida, ou um sofrimento, coloque seus sentimentos numa balança imaginária. O quê irá pesar mais?"

Amigos de verdade sempre teem razão. Sofrer mais que estar bem, chorar mais que sorrir... Tem um peso enorme.

Repito o que eu já te disse em outra ocasião: Pense no tempo e no desgaste.

Como sempre, escrevi um capítulo de livro, mas, me perdoe meu anjo, eu tinha que fazer isso.

Um abraço sincero e toda força que for preciso.

Meri Pellens disse...

Nossa! Isso deve ser muito dificil. Ele distorce os fatos p se sair o coitado da história. Mas dentro dele ele sabe e não há como mentir a si mesmo. Por isso confia em Deus que tudo vê e a verdade um dia brilhará.
Bjos na alma!

Angel disse...

Jacque, fez ebm em comentar... Foi desabafo que só me atrevi a fazer aqui, e queria mesmo ouvir algo dos que me leem. Concordo com você que é preciso pesar o sentimento, se ele faz mais bem do que mal. Mas há situações que chegam a ser inacreditáveis... Mas, enfim, há gente de todo jeito neste mundo, não é mesmo?

Comente sempre, Jacque!

Abraço.

Angel disse...

Meri, é bem por ai mesmo... E você me disse algo muito importante, uma pessoa pode fazer o que quiser, se mostrar ao mundo como quiser, mas, é impossível enganar a si mesma, e por dentro, todos sabem o que são de verdade.

Obrigada pelo carinho.

Abraço, minha amiga!

Juliana. disse...

Angel, como isso é difícil, uma pessoa que se engana e que acaba por envolver outras pessoas em suas mentiras, faz doer, machuca não é este comportamento, mais a vida é bem maior que esse tipo de situação, por que aprendemos a ver que isso é egoísmo, é poder viver um sentimento bonito, mais não dar valor(por parte da outra pessoa). Mais fique forte, supere, limite-se a sentimentos bons, sobrevoe estes, e sinta-se alguém merecedora de mais!
Um abraço
Ju

Angel disse...

Ju, suas palavras me fazem muito bem, aliás, hoje foi um dia muito especial, em que pude ver, e ouvir, coisas que me fizeram muito bem. Sem dúvida o blog fez parte disso, uma parte sempre muito importante para mim. A gente se decepciona com as pessoas, Ju, mas um amigo me disse algo hoje que não vou me esquecer, ele me disse que cada qual faz o seu caminho, quem colhe flores colhe flores, quem deixa espinhos são espinhos que irá colher, mas, o mais importante, não posso querer eu mesma fazer valer o que é justo, o que é certo, até porque, por estar tão envolvida eu nem poderia fazer isso da melhor maneira. Ele me disse "você não é espírita? então, você sabe como são as coisas, e sabe também que não cabe a você a atitude de ninguém, apenas as tuas."

Quem tem amigo tem o maior dos tesouros, não é Ju? E são nos dias mais difíceis que reconheço, ainda mais, cada um dos meus...

Obrigada, minha amiga.

Abraço!

Sumie disse...

Angel pior que tem muita gente assim,que adora uma plateia para se mostrar.Seja forte vc merece algo melhor com certeza.
Bjs!

ErikaH Azzevedo disse...

Teatros e dramas precisam de plateia..aquilo é se interpreta, já o sentimento não ele é um andarilho solitário, buscando a sabedoria pra se fortalecer ou pra deixar de existir em nós.

Não entendo pessoas que fazem o que ele faz com vc....acho q nunca entenderei.

paz..serenidade pra superar flor!

Bjos

Erikah

Ps: Tô bem sim flor, só que trabalhando demais da conta

passei pra te ler e te sentir e te deixar um carinho.

Bjos!

Angel disse...

"Teatros e dramas precisam de plateia"

Flor, esta frase que você deixou, pensando agora, juntando tudo o que aconteceu e acontece, coisas que foram ditas, feitas ou não, infelizmente, começa a fazer sentido para mim... Fico triste, sabe? Triste pelo que era tão bonito ter sido usado e rebaixado como foi.

O sentimento é simples, é de ser vivido. O além é coadjuvante, falar sobre ele, enaltecê-lo aos olhos do mundo, isso pode existir, e é lindo, mas isso não pode ser mais importante que viver o amor. Se for, algo está errado mesmo...

Obrigada pelas palavras e pelo carinho, flor!

Abraço.

Angel disse...

Pois é, Sumie, falei sobre isso no comentário da ErikaH (estranhamente o seu, apesar de ter sido postado primeiro que o dela, quando publuquei o dela apareceu primeiro... coisas desse blogger maluco). Enfim, há pessoas de todos os tipos mesmo, e cada uma é feliz ao seu modo. Se realmente ele precisa de platéia, que ele seja feliz assim, então. Eu sigo daqui.

Abraço, flor! E obrigada.

karone disse...

Estive vendo que nesses tempos tem aumentado a psicopatia, agora ela também se manifesta por meio virtual, pessoas que não possuem traquejo social algum buscando realizações em algo intangível, só que não muda nada da vida real. Sempre há um coração que está sendo sendo ferido e um algoz se deleita jogando um second life.

Angel disse...

Karone, só de pensar nisso que você descreveu já fico triste... Realmente acontece, ao que parece tem acontecido cada vez mais, e é como você disse, há sempre alguém que sai ferido...

Abraço, meu caro!

Fabi Paranhos disse...

Menina Angelical!

Faça valer sua vida!
Ame quem a ame!
Que brigue por você
Que possa estar ao lado, zelando o teu sono enquanto estiver dormindo.
E quando amanhecer o dia, acordar nos braços quentes e afáveis não só de um homem, mas do amor real, que acolhe, que protege, e que amando, ensina e aprende a amar.
Esse é amor de verdade Angel!
Quando se é a mulher da vida de um homem, não se tem dúvidas, porque ele, não deixa que sintamos dúvidas de forma alguma, JAMAIS!

Obs: Na platéia sempre haverá uma ou duas que ficarão até o final da apresentação, para você ver como o ator é bom! Na solidão de poucas palmas, ele vai sobrevivendo. Coitado...
Sorte é daquelas que preferiram escolher um outro espetáculo!

Você é uma preciosidade viu? Sorte é do homem que amar você. Pois és de grande valor!
Não tenha dúvidas nunca disso!

E não diga desta vez que estou exagerando ok? rs

Abraço de urso, desses bem apertado!

Angel disse...

Fabi, hoje li algo no blog de um amigo (Bleeding Angel) que, embora já tivesse lido antes, ganhou uma importância muito maior devido minha atual situação. Lá dizia que não é o amor que vale a pena, não é o sentimento em si, mas sim o que ele faz por nós, e em nós. O sentimento por si só não basta, é lindo, é grandioso, aos olhos do mundo é maravilhoso, mas se nada faz pelos que amam, se não há carinho, compreensão, presença, companheirismo, apoio, se não não há "os braços quentes e afáveis ao acordar"... do que adianta?

Amar vale muito a pena, é a melhor coisa do mundo, o melhor dos sentimentos, faz por nós o que nada mais é capaz de fazer, mas não é o amor pura e simplesmente que faz tudo isso, é o ser amado, é a personificação do sentimento. E diante disso começo a pensar que o incompleto não pode ser chamado de amor, que chamar o incompleto assim desmerece o sentimento.

E agora você me diz algo que foi para mim muito importante "Quando se é a mulher da vida de um homem, não se tem dúvidas, porque ele, não deixa que sintamos dúvidas de forma alguma, JAMAIS!". Talvez eu não tenha aprendido isto ainda... Mas acho eu que preciso aprender.

E no mais, cada um sabe das suas necessidades, cada um sabe o que quer para sua vida. Como me disse o Re, ontem, a mim cabe apenas as minhas atitudes, nunca a dos outros.

Obrigada pelas palavras, viu? Já ia dizer que não sei se as mereço, mas de antemão você me puxou a orelha para não dizer... rs.

Vou levar cada uma dessas palavras comigo, Fabi, não tenha dúvidas!

Abraço.

P.S.: Desculpa a resposta longa, mas senti vontade de escrevê-la. Espero que a leia.

Angel disse...

À todos, muito obrigada pelo carinho neste post!

Abraço, amigos.

Terráqueo disse...

Pego emprestado esse desabafo. Não aguento as mentiras revestidas de um falso amor, nas quais acreditei um dia . Assim como você fez agora, durante muito tempo me exponho no meu blog, e isso me alivia de alguma forma. Gostaria que meus desabafos fossem lidos, mas como você disse, com palavras ou sem palavras o resultado é sempre o mesmo. Voltarei sempre. Gostei do seu blog.

Angel disse...

Terráqueo, então compartilhamos do mesmo sentimento... Este é um dos poucos textos que é "todo meu", minha realidade nua, exposta. As vezes precisamos disso, não é mesmo? Desabafar, colocar pra fora o que aperta o peito, engasga na garganta.

Muito feliz com sua presença! Seja bem vindo e volte mesmo!

Abraço.

Postar um comentário