16 de abril de 2010

Eu (te) quero

Estava na cama, aquela, a nossa, sabe? Me lembrando de coisas que eu já não tenho mais. Na verdade, vou ser sincera, eu só fui até lá, a essa hora, porque queria pensar em você, e o tempo inteiro, sem pause. Tentei me enganar com a idéia de que havia outras coisas em que pensar, mas... Iludida, eu sei, minha única saudade tem um belo nome, mas também atende por “você”.

Como foi que te deixei partir? Não entendo... Ou melhor, entendo sim. E de repente, as palavras vieram, sem chamar, pura inspiração! Digitei rapidamente no celular, ainda deitada, para não esquecer. Eis a mensagem, amor, que eu vou mandar para você: “Algumas coisas mudaram, eu mudei muito também, e tenho pensado bastante em você ultimamente. Se for recíproco, ou puder ser... Liga-me.” Simples assim.

Eu não mandei... Ainda. É que preciso esperar a hora certa, aquele momento exato que só eu sei. E eu vou mandar, e você vai ler, e daí, não tem mais volta, você vai saber que eu ainda te quero por aqui. E eu? Vou padecer, por medo do silêncio que pode vir. Ou não. Há esperança, eu sei. Eu acho, não tenho certeza. Quero de volta, muito. E isso basta.

20 comentários:

leonel disse...

Mais vale arrepender-se de algo que tenha feito, do que daquilo que deixou de fazer...

Angel disse...

Sério que você pensa mesmo assim, leo?

Angel disse...

(complementando)

É que não sei se as coisas funcionam sempre assim, mas, de qualquer forma... É um sábio conselho.

Fabio Rocha disse...

Se eh o q vc sente mesmo, manda logo... ;)

Thiago Gacciona disse...

Na minha, sincera, opinião, você não deveria enviar nada!!!
Se ele realmente te querer, se ainda sentir sua falta, pode ter certeza que ele vai te procurar uma hora ou outra.
Não apresse as coisas!!! Não insista, isso só afasta ainda mais as pessoas!!
Mas é apenas a minha opinião!! Siga somente o seu coração!

Bleeding_Angel disse...

Eu acredito q a gnt se arrependa de mta coisa q faz sim. Naum sei, eu sou uma pessoa mto orgulhosa, naum sou de procurar por mais q esteja me rasgando de dor, mas kda um tem seu jeito de ser, seu colega de nuvem eh meio estranho msm. rs
Bjos meu anjo e otimo sabado pra ti.

Lady disse...

Boa tarde!
Vim conhecer seu cantinho, li sobre seu blog através da nossa querida Meri.
A guerra perdida é aquela que você desiste dela.
Com as coisas do coração é assim também.
Devemos lutar com todas as forças pelo amor, ter esperança sempre.
Amar é um risco, viver também.
Desejo felicidades e um maravilhoso fim de semana.
Bj
*Lady*

Juliana. disse...

Esta hora certa, Angel eu ainda n sei se existe, mais que as coisas q tem que acontecer isso acontece, e se for para o amor, tudo se ajeitará e os atos valem a pena por um amor sensível!
Um abraço minha amiga!

Angel disse...

Acho interessante ver o que pensa cada um, e nem de longe há um consenso. Acho que isso mostra que para o amor, ou relacionamentos amorosos, não há uma fórmula, é arriscar (ou não) e esperar que dê certo...

Angel disse...

Fabio, minha mãe sempre diz que "certeza, certeza... a gente dificilmente tem". Vai saber, né...

Abraços, querido poeta!

Angel disse...

Thiago, sabe que se usarmos a razão, é possível ver que você está certo! A pessoa quando ama de verdade, quando quer, vai atrás. As histórias são cheias de enlaces, de complicações e implicações, mas quando há disponibilidade de ambos, quando ambos querem, acontece. Se ele realmente quiser, irá atrás sim.

Obrigada, meu caro!

Abraços!

Angel disse...

Amigo anjo, eu acho que quando a separação ocorreu por uma opção nossa, ou por um erro nosso, e a gente se arrepende, tem que ir atrás sim, porque, o outro pode estar magoado, e pensando, também, que já não é mais querido. Acho que cada situação é muito particular, mas não concordo de tentar uma reaproximação quando foi o outro que errou e não mostrou arrependimento nem vontade de continuar. Enfim...

Abraços, amigo anjo! Ótimo restinho de sábado, e bom domingo pra você.

Angel disse...

Lady, fico feliz com sua visita! A Meri está sempre por aqui e é muito querida por mim, então, seja muito bem-vinda.

Eu compartilho de umas palavras suas, eu também acho que pelo amor vale a pena lutar sim, ir até nosso limite. Eu mesma já cheguei a ultrapassar o meu, a fazer coisas que não deveria ter feito se pensasse um pouco mais na minha saúde até, na minha segurança. Mas não me arrependo de nada, até hoje lutei, fiz minha parte, e se errei foi tentando aceitar, nunca por omissão ou covardia.

Há pessoas pelas quais vale lutar, mas também há pessoas que não valem. E, cegos pelo sentimento, muitas vezes não conseguimos enxergar isso. Enfim... Cada caso é um caso.

Volte mais vezes, Lady!

Abraços.

Angel disse...

Ju, vai ver é isso mesmo... o velho "se tiver que ser, será". Essa coisa de amor é mesmo complicada... rs.

Abraços, amiga!

Júlio Castellain disse...

...
Então tá bom.
Abraço.
...

Angel disse...

rs

Abraços, Júlio!

Sumie disse...

Angel a melhor coisa é seguir seu coração.
Bjs!

Angel disse...

O coração é quem manda, Sumie, não tem jeito. Mas bom mesmo é quando a razão também opina, ai o resultado é dos melhores.

:)

Abraços!

ErikaH Azzevedo disse...

Manda sim minha flor!
Eu costumo dizer a vida não mora no pensamento, ela mora na atitude...

Fico na torcida de que haja resposta e tu sabes que o silencio pode tb ser uma resposta né..:(

um bjo

Erikah

Angel disse...

ErikaH, minha amiga, o pior é que o silêncio é um texto que não cabe explicação, palavra única que fala mais que qualquer elaborado.

Obrigada pelo carinho, flor!

Abraços.

Postar um comentário