6 de março de 2010

Ultimato

Por que nega o beijo se sabemos que você o quer tanto quanto eu?

Não há paz na ausência e você já deveria saber.

Então, olha nos meus olhos e diz que não sente nada quando estou por perto.

Também aceito se disser que me odeia ou que não te mereço.

Quando você for capaz de fazer isso, juro, não te procuro nunca mais.

18 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

A química entre dois seres precisa ser saboreada
!!!!!!!!

Angel disse...

E como precisa, meu caro! Que graça tem a vida se não experimentamos todos os seus sabores?

Abraços!

Reyel Angel disse...

Amiga, esse ultimato está bem colocado meeesmoo. Adorei!

Olha, comentando seu comentário, no meu caso não diria aniversário, mas mesversário rs... (será que existe essa palavra? rs...) Obrigada, linda! Abençoadda sejas!

Angel disse...

Reyel, se não existia acabou de ser criada! E quem disse que a gente não pode criar palavras, hein?! rs.

Feliz Mesversário, então!

E eu que agradeço o carinho, minha amiga.

Abraços!

Wevertton disse...

Oiii. Achei seu blog, gostei e estou seguindo! Segue o meu blog tambem?? beijos

Priscila Rôde disse...

Será mesmo que não há paz na ausência?
Fiquei aqui pensando nisso..

Gostei, moça. Mesmo!

Angel disse...

Oi, Wevertton. Agradeço o carinho, e, conte comigo sim! rs.

Abraços.

Angel disse...

Priscila, só posso dizer que nesta, definitivamente, não há! rs.

É um prazer tê-la por aqui, e fico feliz que tenha gostado!

Abraços!

José disse...

Olá Angel,obrigada pela tua simpatia no teu comentário em meu blog, fico a dever-te um poema, quando tiver mais tempo,pagarei a minha divida.rr
Eu só digo quem é que não quer um anjo por perto.

Um beijinho carinhoso,
José.

Angel disse...

Pois acredite, há quem não quer.

Mas, meu caro, fico feliz que tenha gostado do meu pseudo-poema... rs. Como eu disse, não sei rimar, nem frasear as rimas, não nasci, definitivamente, para os versos. Mas foi a maneira que encontrei de comentar seu excelente post.

Obrigada pelo carinho.

Abraços!

Juliana. disse...

O amor deve ser uma de doação de sentimentos bons e de compartilhar, se isso não existir não é amor!
Um beijo da Ju ;)

Kaio Rafael, disse...

olha, bonito.

já aconteceu comigo de estar dos dois lados,
e de estar enganado mais vezes do que me recordo.

mas o que importa o que aconteceu comigo?
bonito enxergar alguém que coloque em palavras nossos próprios sentimentos...

Angel disse...

É, Juliana, acho que banalizaram o amor, e derem à ele definiões que não o pertecem. O amor não é ruim, ruim é o que tentam, injustamente, fazer com ele.

Abraços, querida amiga!

Angel disse...

Kaio Rafael, é lógico que importa o que aconteceu com você! Meu blog só faz sentido porque há uma troca de sentimentos e de experiências, porque cada um que vem aqui fala comigo através de seus comentários. Gosto muito disso!

Fico feliz que tenha gostado do que deixei aqui, espero que volte mais vezes.

Abraços!

Cria disse...

Vim te conhecer ... Lindas reflexões, verdadeiramente !! Um beijo e um carinho, obrigada por participar do meu espacinho ! Um domingo radiante !

Angel disse...

Ei, Cria, agradeço sua presença aqui também. Gostei do seu blog e com certeza estarei sempre por lá.

Obrigada pelo carinho.

Abraços, e seja bem-vinda.

leonel disse...

Xeque-Mate!

Touché!

Tu quem escolhes...

Abraço de um mortal.

Angel disse...

Abraços, leo.

Postar um comentário