18 de março de 2010

O anjo e o dia

Eu hoje deixo o mortal de lado. Me permita ser apenas o anjo que em sua nuvem cor de rosa ficará a ver o mundo lá do alto. Quero esquecer por um momento minha guarda e guardar este coração que está apertando o meu peito. Não é necessário dizer nada, nem quero outros anjos a velar meus sentimentos. Em minha nuvem tranquila e solitária só quero chorar, de uma vez por todas, cada uma das minhas tristezas. E verei minhas lágrimas, uma a uma em tímidas gotas, se misturando a imensa chuva que em minha nuvem se forma, para que com ela, ganhem o mundo quando chegar a hora. E assim, aquilo que um dia chamou-se tristeza há de chegar a terra e regar algumas flores. Devo ser feliz então, pois parece possível nascer algo bom do que um dia foram dores.

18 comentários:

Júlio Castellain disse...

...
Acredito que sempre nasce algo bom...
Bjs.
...

Meri Pellens disse...

Amiga, chorar desafoga. Saiba q te amo muito.
Bjok, querida amiga!

Erica Vittorazzi disse...

Com certeza!!!! Achei lindo o texto!! Às evzes é realmente preciso chorar!

Beijo

Rafael Castellar das Neves disse...

Que anjo triste!! Gostei do texto, mas esse anjo precisa se alegrar!! rsrsr

Angel disse...

Júlio, tentar enxergar um motivo pra tudo que passamos é algo que tento fazer sempre. Por fim, há de ficar algo bom, nem que seja o aprendizado.

Abraços, meu caro!

Angel disse...

Meri, você sempre muito carinhosa... :)

Obrigada, minha amiga! Você tem um coração de ouro, e saiba que meu carinho por você também é imenso.

Abraços.

Angel disse...

Erica, chorar alivia a alma. Nunca vi isso como algo ruim, afinal, todos temos nossos momentos complicados. Em momentos tristes eu choro mesmo, sozinha, quietinha, lamento o que tenho pra lamentar, reclamo, questiono... E depois, naturalmente, me acalmo e ganho forças pra seguir em frente.

Abraços, querida Erica.

Angel disse...

Rafael, é só um dia ruim. Até os anjos ficam tristinhos, veja você! rs.

Mas isso passa.

:)

Obrigada pelo carinho, meu caro!

Abraços.

ErikaH Azzevedo disse...

(...)será que a chuva é liquida porque o céu se derrete pra também nos fazer entender que é preciso em nós aprender a liquefazer o sentimento? Ver o sentimento pouco a pouco derreter...

Será que a s lagrimas são gotas de chuva quando chove-nos dentro?

…Erikah Azzevedo…

Deixa chover, deixa a chuva molhar...dentro do peito tem um fogo ardente que nunca vai se apagar.

te cuida aí moça, és preciosa...

bjo

Erikah

Angel disse...

"Será que a s lagrimas são gotas de chuva quando chove-nos dentro?"

Não tenho a menor dúvida disso, amiga Erikah!

Obrigada pelo carinho, minha cara!

Abraços.

[ rod ] ® disse...

Anjos inclinam-se sobre as teorias de amor e dão asas ao imaginativo querer.

Obrigado moça pelo comentário no Confraria!



Aliás, hoje estou tanto no dogMas quanto na Confraria!

http://confrariadostrouxas.blogspot.com/2010/03/dama.html

shintoni disse...

Angel:
Seu texto foi postado no Duelos. Muito bom!
Valeu mesmo! Apareça sempre!
Abraço e paz!

Angel disse...

É sempre ótimo ler você, rod!

Obrigada pelo carinho.

Abraços!

Angel disse...

Shintoni, fico feliz!

Abraços, e tudo de bom pra você também.

cantinho she disse...

Ei, querida tem selinho pra vc lá no meu cantinho! bjooo

Juliana. disse...

Angel, dei uma sumidinha pelo meu aniversário..descansei um pouquinho..rs mais que bom retornar e ver tantas palavras belas!
Sabe que todos nós temos sentimentos e estes nos revelam muito, como as dores, as ilusões, mais prefiro acreditar nos sonhos, nos anjos, na beleza da vida e da felicidade, mesmo que nada seja perfeito, ainda prefiro sonhar e sonhar..
Um abraço Angel

Angel disse...

Oi, She, acabo de ver. Eu ganhei este selinho do meu amigo anjo, o Bleeding Angel. Vou colocar um UPDATE no post com muito carinho pra dizer que ganhei de você também, tá?

Muito obrigada pelo carinho, minha amiga!

Abraços.

Angel disse...

Juliana, minha amiga, parabéns!! Ausência mais que justificada. Te desejo tudo de melhor que há neste mundo, muita felicidade, muito amor, muito tudo! Você merece, minha querida.

E concordo com você, devemos mesmo acreditar na felicidade.

Abraços!

Postar um comentário