14 de março de 2010

A palavra a ser dita

Você é um sonho, daqueles que fazem acordar com um sorriso de orelha a orelha, o mais feliz dos acasos e a mais séria das minhas brincadeiras. Te amar foi tão fácil que nem tive tempo de pensar a respeito, e sem saber se cometia um grande erro me deixei levar pela sua presença. Tive medo de não ter as melhores palavras, os melhores gestos, de não ser suficientemente clichê para te tratar o amor como cabe aos amantes. Mas para você era suficiente a minha presença, a parte física do amor, o que se lê na pele e se sente no cheiro, no gosto.

E por tudo isso, o que faço, te agradeço? Digo “obrigada” por me dar vida novamente, por me fazer ser algo que eu nunca fui? Digo “obrigada” por me amar exatamente como sou, naturalmente cheia de defeitos, corrompida pela vida, por me fazer feliz como ninguém? Não, eu não direi “obrigada” porque entre os que se completam não cabe esse tipo de agradecimento. Certo seria resumir tudo o que sinto por você e dizer apenas “eu te amo”.

Mas como eu disse, amor, você é um sonho, o meu sonho, que hoje é realidade de uma outra pessoa. Sendo assim, não direi “obrigada”, nem me atrevo mais a dizer “eu te amo”. Só resta-me, agora, dizer “adeus”.

Adeus, amor meu.

18 comentários:

Fabio Rocha disse...

Xi :)

Angel disse...

Será que é isso mesmo que você está pensando, poeta?

Abraços.

Juliana. disse...

Nem sempre a palavra que dizemos é a que queremos dizer, mais algumas vezes é preciso! Outras é melhor viver e dosar as palavras, e aprender que devemos dizer somente as que nos fará bem!
Um abraço Angel!

Angel disse...

É isso, Juliana, nem sempre as palavras ditas são aquelas que gostaríamos de dizer... mas é preciso, não é? A vida nos obrigada, não nós dá a opção que realmente gostaríamos de ter.

Abraços, amiga Ju.

Bleeding_Angel disse...

Poxa... qndo eu comecei a ler o post, me pareceu uma declaracaum de um amor correspondido, um belo romance, vc me enganou direitinho. rs
Mas achei nobre o texto, nobre de sua parte as palavras q disse, foram explicitamente sinceras e o verdadeiro amor eh este, o q liberta, eh o q costumam dizer.
Mas eu naum sou nobre assim e naum me conformo com isso, infelizmente.
Sim, sou um ser egoista.
bjos minha amiga Angel.

Angel disse...

Amigo anjo, o texto mostra o que várias vezes acontece com a gente. Nasce um sentimento, nós o vivemos e, infelizmente, ele acaba morrendo. E morre sem a gente querer, morre mesmo que a gente faça tudo para que continue vivo. Algumas coisas são assim, simplesmente acontecem, alheias à nossa vontade.

Eu entendo seu pensamento, este não conformismo. Mas veja bem, colega de nuvem, devemos lutar com todas as nossas forças, é verdade, mas por vezes a batalha não depende só de nós para ser ganha, e nestes casos, lutar sozinho é doloroso, e no fim, perde-se a luta. É preciso sabedoria para saber quando ainda devemos lutar, quando ainda é possível vencer, ou quando a luta só ira adiar a perda.

Fácil? Não, não é.

Muito obrigada pelas palavras e por sua visita, meu amigo.

Abraços.

Marcelo Mayer disse...

"se é para eu te ver, então me deixa dormir"

Angel disse...

Sempre enigmático, Marcelo... Achei lindo esse seu enigma.

:)

Abraços, meu caro.

Rafael Castellar das Neves disse...

E sempre tudo se vai..uma hora se vai...ainda mais quando é tratado desta forma...

[]s

Angel disse...

Será, Rafael? Talvez seja este o erro, então.

Agradeço a visita, volte outras vezes!

Abraços.

Erica Vittorazzi disse...

Ah, não fique assim. Aparecerá mais amores, é só ter esperanças e deixar a janela aberta ... ou algo assim!!

Angel disse...

Lindo comentário, Erica. Excelente conselho para se seguir!

:)

Agradeço a visita, é primeira vez que te vejo por aqui! Espero que volte mais vezes.

Obrigada pelo carinho. Abraços!

Iasminne Fortes disse...

ah adorei seu post! É uma declaração explícita e com um desfecho, inesperado, de adeus. =~~
às vezes é necessário se dizer adeus, mesmo sem querer.

=*

Angel disse...

Iasminne, fico feliz que tenha gostado! Por vezes uma história termina de um jeito que jamais imaginávamos, não é mesmo?

Abraços!

Cria disse...

Um final surpreendente ... Muito bom, mesmo ! Beijo e o desejo de uma semana feliz.

Angel disse...

Como a vida, não é minha amiga?

:)

Obrigada pelo carinho.

Abraços e excelente semana!

leonel disse...

Sonhar um sonho impossível... utopia, dentre tantas outras coisas. É preciso também coragem para fazer os sonhos se tornarem realidade. Sei que tens coragem. Sempre tiveste. E sei que irás conseguir tudo o que sonhas.

Abraço de um mortal.

Angel disse...

Eu sempre tive mesmo, leo, principalmente quando pensei que era fraca. Nestas horas descobri o quão corajosa eu sou.

Obrigada pelo carinho.

Abraços.

Postar um comentário