15 de junho de 2010

Só para dizer...

... que estou dando um tempo no blog. Aos amigos que por aqui passam, que por aqui deixam suas considerações, seus conselhos, seu carinho, meu muito obrigada! Cada um de vocês fez, e faz, uma diferença enorme na minha vida, e não sou capaz de dizer o quão especial foram estes meses em que manti este espaço. Coração pediu um tempo, então, darei. Sei que vocês entendem, como me entenderam na primeira vez que tive que fazê-lo. Talvez eu volte, talvez não, mas asseguro que estarei sempre pelo blog de vocês, mesmo que não comente, pensando, sentindo, aprendendo com suas palavras.

Obrigada, amigos. Saibam que é com lágrimas cortando meu rosto que me despeço de vocês...

Abraço.

UPDATE: Deixo, também, o Contando até 1000. Lá, de modo a não prejudicar o andamento do blog, abandono em definitivo, para que todos contem com as postagens diárias, como é o objetivo do blog.

46 comentários:

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Espero que voltes, com força. Sei o que estas pausas significam para ti e para muitos blogueiras. Nunca dei assim, uma pausa assumida no meu blogue, mas às vezes esse distanciamento faz falta, nem que seja para percebermos que isto é paralelo e sobrevivemos para além disto. É importante, mas não é vida, porque não respira. Sentir o respirar, o sentir, o tocar, é bem mais incrível do que todo este reboliço de gente que encontramos por cá. Agradeço, sempre, as boas pessoas que ficam, como é o teu caso. Agradeço-te teres estado cá e continuares. E por voltares. Sim, porque eu sei que volta!
Até já, anjo.
E desculpa não estar tão presente como antes.

Beijo enorme. Do tamanho do oceano que nos corta a meio.

Desabafando disse...

Ah, que pena! espero que volte em breve!

Júlio Castellain disse...

...
Então tá, Angel.
Eu também espero que voltes.
Meu beijo.
...

Meri Pellens disse...

Vou esperar por você. Abençoados sejam teus
passos!
Beijos na alma!

Daynara Aparecida disse...

Espararemos por tii e por seus encantos que nos fazem tão bem..
Tudo vai dá certo, seja lá oq for.
Confia nEle!

Graaande abraço, beeem apertado!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Poxa...vamos sentir saudades, de verdade. Pq é gostoso ler o que vc escreve, o seu jeito de escrever.
Mas a gente entende sim, pq antes de tudo o importante é ver vc bem, vc feliz. Isso sim que é ainda mais importante pra gente.
Saiba que, quando vc retornar, estaremos te esperando. Retorne sim, mesmo que seja só pra falar "Estou bem"...

Desejo sinceramente pra vc boa sorte em seus empreendimentos, coisas à fazer. Que seu coração tb fique cheio de felicidade.

Bjs e muito obrigado por tudo!

Angel in the dark disse...

Até ao teu regresso!

Beijos
Angel

Franzé Oliveira disse...

Que pena. És uma amiga, viu?
Beijos com ternura e cheio de saudades.
Te cuida.

Franzé Oliveira disse...

" Saudade
Invade minha alma
Olhando as luzes da cidade
Da minha janela

O vento da noite morna
Me faz voar
Vejo o ontem
Me vejo no ontem

O menino em mim grita
O menino homem
Escondido
Quer voltar

Quadra, violão
Livros, coração
Não retorna
Volta não. "

Metamorfoses disse...

Volta logo!!Estarei esperando seus posts que tanto me fazem bem...
Força!!!
bjss!!!

Bleeding_Angel disse...

Poxa... fikei sem colega na nuvem! rs
Falando serio Angel, eu sei como eh isso e eu melhor do q ngm compreendo qndo eh preciso msm um tempo OFF, procure descansar a kbeca, se naum te fzer bem, nem procure ler a blogosfera, temos q evitar ao maximo o q possa vir a nos prejudicar. Mas claro, assim como o Alexandre, a Desabafando, a Meri, sentirei mtas saudades do q escreve e com ctza estou na torcida para q volte, sem pressoes e de coracaum aberto, apenas avida pra postar msm e nos presentear com tua sabedoria.
Bjos, Deus te acompanhe sempre.

Vanessa Souza Moraes disse...

Até logo!

Cria disse...

Lamento a pausa mas, se é necessária, que assim seja ... estarei esperando novas postagens ... Beijos mil, Deus te proteja e ilumine.

Angel disse...

Amigos, muito obrigada pelo carinho de cada um de vocês... Estas palavras me foram muito especiais, e me deram força e muita vontade de buscar meu equilíbrio. Engraçado isso, essa minha intensidade, esses meus extremos, volta e meia me atrapalham... Por isso digo, minha palavra agora é equilíbrio. Foram dois dias apenas, coração ainda está apertado no peito, mas, bem menos. Queria muito escrever aqui tudo o que fez abandonar meu espaço, mas, não faria diferença alguma para o fim, que seria o mesmo, meu afastamento.

Luís, você está absolutamente certo. Estou precisando sentir o respirar, o sentir, o tocar. Aqui há apenas o sentimento, intenso demais, mas, apenas sentimento. E nessas poucas horas já percebi que vai acontecer... Obrigada pelo carinho, Portugal! Gosto muito de você.

Flor, eu não tenho dúvidas de que, em algum momento, eu precisarei voltar. Obrigada pelo carinho!

Júlio, obrigada, meu amigo! Em breve, quem sabe, talvez... Abraço!

Meri, amém! Obrigada pelo carinho sempre, minha amiga! Abraço!

Daynara, flor, eu confio, muito mesmo, e sei que o que me faz ir agora vai passar em breve, porque sinto que desta vez é diferente, não sei explicar porquê. Posso dizer que Ele andou mudando algumas coisas, me fez enxergar outras tantas, e tudo está se ajeitando. Muito obrigada!

Alexandre, ai do outro lado do mundo existe mesmo um coração enorme, hein... Obrigada pelo carinho, sabia?! Vir aqui hoje e ler as palavras de vocês me fez imensamente bem. Eu que agradeço a presença, os comentários, o carinho, este blog me era mais que um espaço das letras, era uma parte da minha vida mesmo. E ainda é. Abraço, meu amigo!

Até, Angel! Nos vemos em breve! Abraço.

Franzé, obrigada, meu amigo! Você também me é muito querido, saiba disso! Adorei as letras... :)

Fabrizia, tão bom perceber essa identificação que temos uns com os outros... Você se sente bem aqui, eu me sinto bem lá no seu cantinho... Nos entendemos todos, e muito bem. Obrigada pelo carinho, flor! Abraço.

rs... Amigo anjo, ficou não! Continuo na nuvem, só que quietinha... rs. Pois é, meu amigo, minha cabeça não anda muito boa não! E sabe quando você percebe que não tem motivos para as coisas estarem assim, tão complicadas? Não tem... e está tudo em minhas mãos. Me dispus a me organizar, a selecionar o que deve e o que não deve ficar, e voltar a encarar a vida como se deve, com um sorriso no rosto e uma vontade enorme de agir. E já está dando certo! Obrigada, meu amigo! Abraço, e, estarei sempre na torcida por você.

Até logo, Vanessa!

Cria, é bem necessária, viu?! Mas, ei de voltar. Obrigada pelo carinho, minha amiga! Abraço.

Jacque disse...

Angel, admiro imensamente essa vontade de querer entender, se entender, viver... Eu, como disse a você, já me exponho, deixo logo escrito o que me aflige ou o que me faz feliz demais. Cada um tem sua maneira de resolver seus conflitos.

Esse tempo pra pensar é o que nos faz enxergar as coisas. Você é uma pessoa incrível,eu já disse isso várias vezes, e repito quantas forem necessárias.

Esse "equilíbrio" que tantos buscamos nada mais é que o entendimento do que é bom e ruim pra gente. Nunca somos plenamente felizes ou tristes, mas,quando buscando entender dessas coisas, passamos a saber delas. E é necessário saber disso tudo. O quê realmente te faz feliz? O quê te entristesse profundamente? Quando há as respostas pra essas questões, encontramos aí, o almejado euqilíbrio.

Eu não sei aconselhar, mas, aprendi muito na vida. E se tem uma coisa que aprendi, é sobre sofrer. Sim, você sofre irremediavelmente, mas, você jamais irá morrer por isso, jamais. Você irá, com certeza, voltar melhor, isso é fato.

É dolorido isso tudo. Afinal, nossas velhas crenças começam a morrer. E não há morte feliz, mas, há um lado bom: se morre é porque renasce, sempre.

Eu torço tanto por você, e isso é dito da maneira mais sincera. Se precisar, eu estarei sempre aqui, sempre.


Não deixe de escrever. A escrita é o registro da alma. Não deixe sua alma muda.

Um beijo, Anjo do céu.

Leo disse...

Angel minha querida, essa despedida mexeu comigo, não tem como o coração dar aquela apertadinha, mesmo distante estivemos sempre
juntos, compartilhando dos sentimentos e das
idéias. mas, como diz um amigo meu Princípe:
"a gente corre o risco de chorar quando se deixa cativar"

Eu tenho um sorriso guardado aqui pra te entregar quando voltares, espero que isso aconteça. :)

Um beijo, amiga.
e estamos aqui pro que der e vier.

cantinho she disse...

Ahhhhhhhh! Pôxa, vc tb!!!! Caramba você é a terceira PESSOA QUERIDA que deixa o blog... que pena, mas entendo... não me abandona não, tá?!
Passe sempre que sentir vontade lá no meu Cantinho...beijo, beijo!
She

Priscila Rôde disse...

Poxa, fiquei triste! rs
Espero que volte.
Sentiremos a sua ausência, flor.
Te entendo!


Beijo.

Impulsiva disse...

Angel,

Vou confessar que não entendo muito bem estas "despedidas" (desculpe falar assim), rsrs, quando não estou afim de blog, não posto, não comento, mas não penso em abandoná-lo em definitivo e nem de dar um tempo "assumido", sou emotiva demais pra isso.

Mas claro, te respeito, deves ter seus motivos e o que posso dizer é que vais fazer muita falta.
Tu escreve muito bem, com sabedoria, criatividade e ousadia, eu adoro!!!!
Estou na torcida pra que voltes logo!!

Mil beijos,
Kenia.

Sumie disse...

Angel que pena,mas respeito sua decisão.
Espero que possa voltar algum dia.
Bom fim de semana.
Bjs1

Lilian disse...

Sentirei saudade
=/ bj

Angel disse...

Jacque, eu precisava desse tempo, minha rotina profissional tem me consumido, e neste momento em que eu mais preciso de paz de espírito eu não a estava conseguindo, justamente aqui, na net (não me refiro ao blog, na verdade, este espaço era o oposto em meio ao todo a que me refiro). Não faz sentido manter uma situação que nos machuca. E olha, esse tempo tem me feito muito bem porque acabei me reaproximando de pessoas especiais, eu as busquei e elas se dispuseram, e agora, me fazem cia. Você disse bem, ninguém morre por sentimentos doentes, então, nos cabe (cada um ao seu modo, como você tão bem disse também) nos curar. Obrigada pelo carinho, linda Jacque!

Leo, confesso minha imensa saudade deste meu espaço, de vocês, de ouví-los, de sentir a presença de cada um que passava por aqui. Mas um afastamento geral se fez necessário, e mais do que nunca, agora, tenha certeza disso. Muito obrigada pelo carinho, Leo, fico muito feliz!

She, minha flor, não era para eu ir, viu... Mas, pode deixar que logo volto a te fazer visitas, e quem sabe, volte ao meu blog tambem. Você é uma pessoa muito querida, impossível abandonar de todo. Obrigada pelo carinho, minha amiga!

Priscila, obrigada, flor... Sei que vocês me entendem, alías, foi através desse blog que conheci pessoas tão parecidas comigo, como nunca havia conseguido. Obrigada, flor!

Kenia, eu te entendo também! rs. Sabe, essa é a segunda vez que me ausento, e sempre deixo um post assim, me despedindo. Faço isso porque sou muito ligada as pessoas que vem aqui, as tenho como amigos mesmo. E sempre que estou de partida, gosto de me despedir dos meus amigos... Cada um a seu modo, né?! Obrigada pelo carinho, amiga-impulsiva!

Sumie, quero muito voltar, quando as coisas por aqui tiverem voltado ao seu eixo, acho mesmo que eu volto ao blog. Obrigada pelo carinho, amiga!

Lilian, eu já estou com o coração apertado de saudades de todos... Obrigada pelo carinho, flor!

Juliana. disse...

Oi Angel, ah já estou sentindo tua falta, mais volte logo, logo, rapidinho tá, teu espaço precisa de ti e nós de tuas palavras e presença!
Um abraço carinhoso!
JU

Angel disse...

Ei, Ju... Saudades também, viu?! Obrigada pelo carinho, minha amiga, é muito bom!

Logo volto!

Abraço.

O gerente disse...

EU QUERO VOCE DE VOLTA SENÃO RECEBERÁ JUSTA CAUSA!

Angel disse...

Precisamos acertar minha ausência como "por tempo indeterminado". Conto com sua compreensão e carinho para com essa funcionária que tanto tem contribuído à sua empresa!

Abraço, chefia!

Ale Danyluk disse...

Os anjos ás vezes precisam exercitar suas asas. E é só por isso que entendo esse seu revoar.
Vou te esperar !
Beijooooooooo
Ale

Angel disse...

Que lindo, Ale... Gostei disso, estou mesmo exercitando minhas asas por ai!

Obrigada pelo carinho, flor!

Abraço.

Moni. disse...

Vou torcer muito pra que volte, Angel...

Fazes falta por aqui!

Beijos e desejos que estejas bem!

Angel disse...

Moni., obrigada pelo carinho, flor... É muito especial recebê-lo, e tem me feito uma imensa falta... Por aqui está tudo a caminho! :)

Abraço, minha amiga!

Flavio Dutra disse...

Angel, seria uma pena, mesmo lastimável que você abandonasse agora, agora que te descobri. Amei a forma como escreves. Cheguei atrasado. Azar o meu. Mas como seria bom ter você aqui todos os dias, ou mesmo quem sabe, sempre indo e vindo.
Abraço carinhoso.

Júlio Castellain disse...

...
Oie.rs
Bjs.
...

IT disse...

"Anja também se refugia nas nuvens"

Faça isso mesmo Anja. Afinal, todos nós precisamos monologar,e não seria diferente com uma anja.

Forte abraço de doer "asinhas"

Angel disse...

Flavio, muito obrigada pelo carinho! Pois é, e você vem me visitar justamente quando não estou em casa?! rs. Desculpe, viu?! Mas, logo estarei de volta! Abraço!

Oi, Júlio! rs. Ainda estou por aqui sim!! rs.

Irlene, estou aqui vivendo, como você tão bem definiu, alguns monólogos. Ou, tipos diferentes de diálogos... :) Obrigada, minha amiga! Abraço igualmente carinhoso à você!

Terráqueo disse...

Tome seu tempo. Escreva quando quiser, não escreva se não quiser.

Um grande abraço,

Terráqueo

Angel disse...

Obrigada, amigo Terraquéo. Voltarei infinitamente melhor, não tenho a menor dúvida! Abraço, meu caro!

Suspiros disse...

Então parece que cheguei atrasada!
espero que não seja para sempre!
Suspiros

Angel disse...

Não vai ser, garanto! Obrigada pela presença! :)

Abraço!

Joakim Antonio disse...

Na vida sempre temos nossas prioridades, mas uma coisa é certeza, à tudo que retornamos voltamos fazendo melhor do que antes.

E se seu coração mandar escrever, não precisa ser aqui, pode ser num guardanapo, num caderninho separado, no seu editor de texto preferido, escreva escreva e escreva.

As palavras trazem coisas que nem a gente esperava!

Beijos e felicidades!

Metamorfoses disse...

Saudades daqui, saudades de ler suas escritas...
Há de retornar mais feliz, mais inspirada, aguardaremos!!!bjs!!

O Profeta disse...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo

Franzé Oliveira disse...

"Sempre quiz encontrar um anjo
Eu encontrei aqui
Agora ela quer furgir
Penso em quebrar sua asa
Para nunca mais ela partir
Mas não posso isso fazer
Porque bem a quero de mais
E quando ela se encontrar
Com certeza ela vai voltar
E eu estarei aqui".


Estou iniciando um conjunto de postagens denominada:

Série Fragmentos "Grande Poeta".

Postarei cinco trechos de cada poeta ou poetisa que gosto.
Espero que goste.
Sim, estou sentindo falta de sua visita.

Beijos.

carol sakurá disse...

Olá!
Andava um pouco sumida,mas quando chego essa notícia inesperada.
Contudo,te desejo boa sorte e paz em tudo que fizer.
Volte logo!
Saudades...

ErikaH Azzevedo disse...

Tanta falta que fazes neste mundo dos blogs menina.

Vim te sentir .

Erikah

Camilla Lourenço disse...

Fazia um tempo que não aparecia por aqui, agora que apareci vejo este post.
Vou sentir saudades de suas palavras, suas lindas frases. Mas espero que volte!

Um beijo...

Angel disse...

Joakin, também acredito que uma pausa pode nos fortalecer, e nos fazer voltar ainda melhores! Obrigada pelas palavras, meu caro! Abraço.

Fabrizia, as saudades são mútuas, minha amiga! Estou por aqui, redescobrindo tantas coisas... Aos poucos, sinto que estou de volta, talvez não aqui, mas, com certeza em mim. Obrigada pelo carinho, flor! Abraço.

Belo poema, caro Poeta! Como todas as suas escritas... Obrigada por compartilhá-la conosco. Abraço!

Franzé, que trecho lindo... Obrigada! Gostei muito. Saudades também... mas saiba que sempre visito os amigos, embora muitas vezes eu permaneça em silêncio. Abraço!

Carol, fico feliz que tenha vindo me visitar... Obrigada, flor! Abraço!

Ah, minha amiga, ErikaH... Muitas vezes penso no quão difícil é este silêncio, mas, confesso, ainda não consigo voltar... O momento é único, estou vivendo e descobrindo coisas que sequer imaginava... Onde está que não falo mais contigo?! Abraço!

Obrigada, Camilla. Voltarei sim, com toda certeza! Abraço.

Amigos, muito obrigada pela presença frente a ausência, me faz muito, muito bem! Saudades de todos. Mas, tenham a certeza de que visito vocês!

Postar um comentário