28 de agosto de 2010

De quando eu ainda contava...

Eis um texto meu postado em outro blog, no qual não participo mais. Acordei pensando nele (no texto) e, de alguma maneira, apesar de todo o resto, ele hoje me resume muito bem...

Eu hoje escreveria um lindo texto se, entre as palavras e eu, não houvesse você. Eu encheria o verso de rimas e o poema de versos, e reduziria a vida a uma bela história desenhada sobre o papel, eu plantaria prosa e colheria sonhos, e na imensidão do meu vazio eu viveria perfeitamente a realidade da minha ilusão. Mas você, amor, não cabe em uma inspiração, você é palavra que não se escreve, adjetivo que não se encaixa, é o pretérito imperfeito de um verbo que não tem conjugação. Como fazer de você um texto se nem nos meus melhores textos você ganhou uma definição? Eu sou uma simples sonhadora, amor, tenho inveja de Vinícius e de Florbela na mesma proporção, rimo fácil amor com dor, mas não sei rimar a falta sua que me aperta o peito, me rouba as palavras e como uma adaga, parte ao meio o meu coração.

12 comentários:

Bleeding_Angel disse...

Poxa Angel, q profundo e qntos sentimentos contraditorios. Ao msm tempo q a pessoa naum parece ser digna de estar em seusescritos, eh ela q falta...
Mto bom! Parabens!
Adoro vc e obrigado pelo apoio!

Terráqueo disse...

Gostei muito. Parabéns.

Cria disse...

Parabéns pelo brilhantismo da postagem ! Beijos.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu lembro desse texto no outro blog. É um dos melhores que vc escreveu. E um dos mais bonitos.

Acho linda esse duelo de emoções q vc retrata...
bjs e bom domingo

ErikaH Azzevedo disse...

Esse partir que tanto nos dilacera, e nos rouba palavra, nos rouba os sentidos , e nos paga com dor.Muitas partidas assim são fonte de inspiração e vejo que pra ti ainda é sim, senão não escreveria como escreveste aqui.

Lindo menina Angel, mesmo que triste.

Desculpa a ausencia neste mundo virtual flor, aos pouquinhos estou voltando.

Um bjo grande .

Adoro-te, viu!

Erikah

Eu Quero Ser disse...

O amor...tudo que queremos e não queremos ao mesmo tempo, pois é muito difícil se entregar ao momento, sem passado nem futuro...
Mas que todos amemos de todas as formas.

Beijos

Metamorfoses disse...

Vejo tanta beleza no triste... Será isso um defeito?
Belo post, Angel...Mas vc já deve estar cansada de meus elogios!rs
bjs!

Uelton Gomes disse...

Olá Moça.

Lindo texto, mas amor não combina muito com dor, talvez fique melhor com sonhador.

Abraços

Metamorfoses disse...

Ah Angel, tô seguindo vc no Twitter...

Bia Monteiro disse...

Brilhante amigaaa
O amor mtas vezes é mto confuso...
Por isso é tão gostoso
Bjos
=D

IT disse...

Bravoooo! dispensa comentários

"Hoje, escreveria um lindo comentário, se não houvesse entre suas palavras o eu e você.Não cabem versos, rimas e poemas a descrever um sentimento intenso como esse.

Abraços de Irlene

Angel disse...

Amigos, nem respondi aos comentários de vocês... E não vou dizer que foi por falta de tempo, porque não foi. Eu só não consegui mesmo... Depois dessa postagem, no outro dia, o amor já me parecia tão distante, e tão irreal, e tão... Não sei como definir. Mas, preferi não vir aqui e responder tão descrente ao sentimento como eu estava.

Adoro vocês! Muito obrigada pelos comentários.

Abraços!

Postar um comentário