10 de março de 2011

Pois bem

Dizem que para a solução de certos problemas, o primeiro passo é admitir a existência deles. Pois bem. E mais que admitir, resolvi expor, discretamente, mas, o fiz. Foi colocado sobre a mesa com algum recato, com o cuidado de que, enquanto isso, eu não me partisse em um milhão de pedaços. Sou frágil, ao contrário do que aparento. E esta fragilidade já não me cabe no peito, machuca, e sozinha ela se tornou um fardo, pesado demais, oneroso demais, doloroso. Torço para que eu não seja ignorada, e para que eu não me cale, mais uma vez. E neste ponto eu me pergunto se não seria bom ser totalmente quebrada, para que, quem sabe, usar os cacos e me reconstruir. Uma coisa é certa, se eu não fizer algo agora, se eu não me ajudar agora, talvez nunca mais eu consiga fazer.


Better man - Pearl Jam

8 comentários:

Marcelo Mayer disse...

do it

Léo Santos disse...

E muito bom que nos quebremos vez por outra, só pra que tenhamos o gostinho de remontarmo-nos e ficarmos melhor do que éramos antes.

Um abraço!

Marcus Natir disse...

Usamos certas filosofias que, vez ou outra, nos desaponta. Lembre-se que o mundo é feito disso, e que se não fosse, não teria a menor graça. Sozinhos, infelizmente, não conseguimos bada direito.Adorei o post,parabéns!

Suzana Martins disse...

É, acho que foi para mim... Estava realmente precisando ler/ouvir isso, rs...

beijos minha linda

Danilo MM disse...

Descobri que todos adoram imaginar o que está em cima da mesa, e quando você dá nome perde a graça.

Espero que seja o que for que lá deixou, não precise pegar de volta.

Morbid_Angel disse...

Colega de nuvem, bom te ver de volta a blogosfera, acho q aki temos mais coragem de expor o q estamos passando do q akeles caracteres limitados do twitter.
Pelo visto tu tomou uma decisaum forte em tua vida, se for ignorada, aprenda tbm a ignorar, pq brigar cansa mais.
Mtas vzs eh preciso sim, msm q doloroso, se deixar quebrar pra se reconstruir, recomecar...
Finalizo fzendo minhas as palavras do Danilo:

Espero que seja o que for que lá deixou, não precise pegar de volta.

Bom fds pra ti.

Metamorfoses disse...

Pois bem, mocinha!Vc sempre me encantando com palavras tão singelas e ao mesmo tempo tão verdadeiras...

***MissUniversoPróprio*** disse...

Aproveite a decisão de expor o que te inquieta, aproveite essa força que surgiu na fragilidade, e a utilize como impulso para a solução.

Gostei daqui. =)

=**

Postar um comentário